Seminário Regional de implantação da RedeSim movimentou diversos segmentos em Salgueiro

 

Terça, 30.07.2013

 

O município de Salgueiro sediou na última terça-feira (30) no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) o 3º Seminário de Implementação da RedeSim, realizado pela Prefeitura através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, em parceria com o Sebrae  e órgãos públicos envolvidos no registro de empresas  como a Junta Comercial, Receita Federal e Secretaria da Fazenda Estadual. O seminário teve como objetivo a desburocratização e automação dos processos de abertura, alteração e baixa de empresas, bem como discutir os avanços do sistema na região e avançar no trabalho de orientação para o pleno funcionamento.

O evento contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia da Prefeitura, Eugênio Cruz, a gerente local da Junta Comercial (Jucepe), Janeide Solano; Jaime Brito, da APEVISA, além de representantes do Sebrae,  contadores, comerciantes e equipes das Prefeituras de Afrânio e Araripina.

 

 Foto: PMS

Clique na foto para ampliar
 

Representante do Sebrae, Fernando Clímaco, fez palestra sobre a ‘Burocratização x Desburocratização’. Ele apresentou dados de um estudo feito em 2010 sobre a burocratização, com dados de pesquisa realizada pela Fiesp. De acordo com a pesquisa, 431 empresas - o que equivale a quase 90% - responderam que o número excessivo de normas é a principal dificuldade para o cumprimento das obrigações legais, seguido pela complexidade das regulamentações.

“A burocracia é um dos maiores obstáculos para o crescimento econômico e para a expansão dos negócios no Brasil. Durante a pesquisa, a burocracia foi citada como maior empecilho por 37% dos empresários, resultado maior do que a média mundial que é de 32% e a média dos países emergentes que é 31%”, observou.

 

 Foto: PMS

Clique na foto para ampliar
 

Ao abrir as atividades, o secretário Eugênio Cruz, destacou que a RedeSim é de fundamental importância não só para o município, mas para o Estado, uma vez que busca da desburocratização dos serviços. “Salgueiro está bem à frente neste sentido. Não podemos esquecer que contamos com a parceria da Junta comercial e do Governo do Estado que investem no intuito de diminuir a burocracia na abertura e alteração de uma empresa. Antes da RedeSim se demorava mais de uma semana para se abrir uma firma e hoje em dois dias já está autorizado inclusive pela Receita Federal,  é muito viável”, observou.

 

 Foto: PMS

Clique na foto para ampliar
 

Gerente da Jucepe, Janeide Solano, ressaltou que a Prefeitura é uma grande parceira na rotina de trabalho, o que contribui nos resultados da desburocratização dos serviços. Ela chama a atenção dos comerciantes para que peçam aos seus contadores que se informem mais obre a RedeSim e a viabilidade que oferecida.

 

 Foto: PMS

Clique na foto para ampliar
 

“A Vigilância Sanitária e a RedeSim em Pernambuco”, foi tema da segunda palestra proferida pelo Gerente Geral da Apevisa, Jaime Brito, que falou da entrada da Vigilância Sanitária - um dos órgãos licenciadores no processo de criação de empresas. “A vinda da RedeSim, foi um instrumento muito importante para o setor regular e para nós órgãos licenciadores, o que veio facilitar e muito as nossas vidas”, destacou Jaime Brito.